in ,

“Inocência Roubada” estréia dia 11 de Julho

Filme ganhou 2 prêmios Cesar (o “Oscar francês”) : melhor roteiro adaptado, e melhor atriz coadjuvante, e recebe boa acolhida de público onde quer que seja exibido.

A história verídica virou primeiro uma peça de teatro, e foi encenada num pequeno teatro, além de ter passado pelo festival de Avignon.

Os produtores do filme entraram em contato com o drama, e resolveram levá-lo para a telona.

O mais impressionante é que a atriz representa a si mesma ! Ela viveu aquilo que é contado e demonstrado em detalhes.

Uma linda menina é abusada (sexualmente) com frequência por um amigo da família, que parece confiável e honesto.

Quando tenta se comunicar com seus pais, sempre muito ocupados, não recebe o suporte necessário para isso.

Ela sempre gostou de dançar, e acaba por se tornar uma bailarina profissional, entre muita instabilidade emocional, e um incômodo que se manifesta também em seu corpo e sua arte.

Tem um melhor amigo em Paris , onde passou a viver desde que conseguiu uma bolsa de estudos para estudar balé.

Ele a apoia, ao mesmo tempo em que a ajuda a se envolver com “sex, drugs, and rock´n´roll”.

A cada cena que assistimos, podemos sentir a angústia da menina, sua solidão e despreparo para se defender sozinha, ou buscar ajuda.

E também a vida da mulher, como acabou se tornando uma meia-vida.

O papel mais odioso é o da mãe/megera, que causa arrepios com sua fala montada, baseada em aparências e em medo do que vão falar os outros.

A vontade que temos de entrar na tela e lhe dar uns tapões na cara é muito grande !

É um exercício de paciência e resignação para os espectadores tentar suportar cada novo martírio de nossa heroína.

Ela é capaz de, no meio de sua angústia, ser feliz com sua arte. É capaz, ou tenta ser, de amar um homem e se entregar a ele.

É um filme didático, no sentido de alertar para o inimigo maior, que na grande maioria das vezes, está bem próximo.

Grande parte das crianças abusadas sexualmente ao redor do mundo, o são por um parente , ou por alguém próximo à família, como vizinho, amigo, etc.

Um filme soco no estômago, daqueles que é bom levar, para ficar alerta à maldade humana.

Report

Loading…

0

Comments

0 comments

Newbie

Postado por: Luci Caramori

Drake desiste de turnê paralela ao Rock in Rio

Rapper brasileiro, Inquérito, faz show em Londres